Cinco dicas para economizar na reforma

Se você  está programando para os próximos meses uma reforma em sua casa ou apartamento, comece a planejar e confira algumas dicas que Mariane Carneiro, diretora da AH!SIM – empresa especializada em reformas –  preparou para não exceder o valor da obra, bem como seu prazo de execução. Confira cinco passos importantes:

1) – Tenha um bom projeto – Comece tendo em mente o que espera com a reforma, e procure ter um bom projeto que atenda esses objetivos e leve em consideração o seu orçamento. É importante ter um norte antes de começar a tomar as decisões. Muitas vezes uma solução de projeto muda radicalmente a proposta e resulta em uma execução melhor.

2) – Escolha bem materiais e acabamentos – As alternativas de materiais de acabamento crescem a cada dia. Opções de piso, por exemplo, incluem cerâmicas e laminados que substituem com grande aproximação tipos de acabamento mais caros ou trabalhosos, como mármore, madeira ou cimento queimado. O melhor resultado não é necessariamente o mais caro. No caso de móveis planejados, há vários tipos de acabamento externo, dispositivos mecânicos, iluminação e puxadores que variam de preço. Conhecer e comparar as alternativas podem resultar em redução de custos, não só pelo próprio preço dos materiais como também por usar uma aplicação mais simples.

3) – Negocie bem os preços – Segundo a AH!SIM, a média de redução de preços após negociação com os fornecedores fica em 20% sobre o preço de lista, sendo mais elevada para alguns itens específicos como móveis planejados, por exemplo.  Esse resultado é obtido pela empresa que compra diariamente, mas boas reduções também estão ao alcance do comprador individual que compara e negocia. Recomenda-se buscar ao menos três fornecedores para cada item e buscar as promoções de varejistas.

4) – Faça um bom planejamento – A reforma envolve diversos serviços como elétrica, hidráulica, gesso, iluminação, piso e instalações de equipamento. Definir quem vai fazer o quê e quando é importante, pois um serviço muitas vezes depende ou interfere com o outro. O planejamento é importante na hora de contratar os profissionais, combinando as datas para o serviço de antemão.

5) – Contrate bons profissionais – Todas as dicas anteriores dependem desta. Bons profissionais fazem uma boa execução, evitando o retrabalho e economizando materiais. Segundo a AH!SIM, muitas pessoas contratam profissionais sem referência e acabam tendo que refazer o serviço (por vezes precisando recomprar o que foi usado e não ficou bom). É comum haver pedidos de compra de material inesperados, feitos durante a obra, que acabam onerando o orçamento. O bom profissional diz exatamente o que precisa e cumpre o combinado, o que permite comprar com antecedência e fazer economia.

Quais as diferenças entre persianas de bambu e de madeira?

Os arquitetos Bruno Gap e Gustavo Paschoalim indicam a melhor opção na hora de comprar e decorarunnamed

Ao definir um projeto de interiores ou a decoração da casa, surgem diversas dúvidas sobre qual o melhor produto, modelo e cor para cada ambiente. Por isso, é interessante consultar um profissional para conhecer os detalhes de cada peça, suas características e durabilidade.

Um exemplo é a escolha entre a persiana de madeira ou de bambu, que oferecem um resultado estético semelhante. Qual a melhor opção para cada ambiente?

As Persianas de Madeira Amorim possuem lâminas mais encorpadas e elegantes. São ideais para projetos mais tradicionais, segundo o arquiteto Gustavo Paschoalim. “A madeira é um elemento sempre presente nas minhas obras. Gosto do toque, da cor, do aconchego que esse material traz para o ambiente e para o projeto”, diz. Ele indica a Persiana de Madeira para todos os ambientes. “Gosto muito de persiana, pois a regulagem das lâminas permite brincar com a luz dentro do ambiente. A iluminação natural é muito importante e esse modelo permite a sua valorização”, completa.

Já as persianas de Bambu Amorim, são ideais para projetos modernos e contemporâneos.

Sua textura é diferente da madeira, com traços mais aparentes e lâminas mais leves. O bambu é considerado a madeira do futuro por ser sustentável e ecologicamente correto. É indicado para quartos, livings, cozinhas e um grande aliado em projetos comerciais.

O arquiteto Bruno Gap especifica tanto as persianas de bambu como as de madeira. O critério principal de escolha é a tonalidade. “Nem sempre encontramos nos dois produtos as mesmas cores. Sempre verifico primeiro as de bambu, pois trata-se de um material sustentável e ecologicamente correto”, afirma.

Bruno acredita que as Persianas de Bambu e de Madeira adicionam personalidade e aconchego ao ambiente. “O visual é fantástico, traz aconchego e conforto visual ao espaço, além disso, agregam o tom da madeira às paredes e proporcionam o controle da luminosidade e da ventilação”, completa Bruno Gap.

Para manutenção de ambas, basta limpar as lâminas com espanador. Não é aconselhável a utilização de produtos químicos, pois tanto a lâmina de madeira quanto a de bambu são produzidas com tecnologias que mantém suas características naturais.

Embora o resultado seja muito natural, as persianas podem agregar tecnologias como a motorização, que facilita o manuseio e amplia sua durabilidade.

 

Uso consciente da água na limpeza de áreas externas

Empresa especializada em limpeza ecológica apresenta dicas para quem deseja limpar grandes áreas sem gastar muito

Com a falta de chuva e os reservatórios com baixo índice de água, a cidade de São Paulo entra em cenário de “alerta” e os rodízios de água estão cada vez mais comuns nas casas, edifícios e comércios. Porém, a limpeza residencial ou comercial vem sendo um dos maiores causadores de desperdício desse bem que está se tornando escasso, principalmente em locais com grande área externa, como os quintais.

Pensando nisso, a sócia da Rede Natureza & Limpeza, especializada em serviços de limpeza ecológica que atende imóveis residenciais e comerciais, Ana Paula Barcena, apresenta dicas para quem deseja manter o ambiente limpo e sem desperdício de água:

  • O quintal por ser um espaço aberto é onde se encontra mais sujeira. Por conta disso, antes de lavá-lo, é necessário varrê-lo. O lixo deve ser pego com a pá e jogado na lixeira. Caso deixe para arrastar a sujeira com a água, serão necessários muitos mais litros de água, além de entupir o ralo;
  • Armazene em baldes a água usada pela máquina de lavar roupas, pois você pode reutilizá-la para lavar não somente o quintal, mas também o carro, o piso do banheiro e outros cômodos da casa. Sem contar que a utilização de baldes são muito mais econômicos;
  • Em um balde, faça a seguinte mistura: 3 litros de água, com 10 ml de desengordurante ecologicamente correto e espalhe a mistura em pequenas quantidades, esfregue delicadamente com o uso de uma vassoura, aguarde 3 minutos e remova com auxílio de um rodo. Na sequência separe 2 litros de água, umedeça um pano limpo e finalize a limpeza. O resultado final é um quintal limpo e uma grande economia de água.

A empresa, além de oferecer os seus serviços, disponibiliza um atendimento gratuito por telefone ou e-mail, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, com profissionais especializados em limpeza ecológica para tirar dúvidas do consumidor. Além disso, são oferecidos treinamentos para domésticas e consultorias para empresas.

Para saber mais, acesse: www.naturezaelimpeza.com.br

Decoração com que há de melhor em móveis sofisticados e com baixo preço

Quem se interessa por decoração aliada a um bom design, tem agora uma nova opção em São Paulo: o Casa & Móvel Shopping, primeiro Outlet de móveis localizado na Rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, formado por fabricantes de móveis com canal de venda direta ao consumidor.

Um deleite para os olhos, o Casa & Móvel Shopping Outlet traz diversos ambientes decorados, mas tudo dentro de um único local com mais de 12 mil metros quadrados. São 32 lojas de móveis de padrão, eletrodomésticos, utensílios, variados objetos de decoração para todos os ambientes do lar, e ainda, a oferta de serviços que facilitam o cotidiano dos clientes como tapeceiro, pedreiro, pintor, encanador, eletricista, lustrador e laqueador.

O shopping reúne as últimas tendências em móveis de qualidade com preço baixo, pronta entrega, estacionamento, lanchonete e caixa eletrônico. Seguem alguns entre os produtos disponíveis no Casa & Móvel Shopping Outlet:

unnamed-6
Loja Líliam Interiores

unnamed-2Loja Pró Espaço

unnamed
Loja Class

unnamed-1
Loja Pró Espaço

unnamed-4
Loja Luana Estofados

unnamed-3
Loja Luana Estofados

unnamed-5
Loja Eletrosaldos

Tomar banho de banheira agora ficou mais gostoso!

Vamos combinar que banheira é tudo nessa vida? Ainda mais quando elas aparecem cheias de estilo e cores para deixar nosso banheiro um luxo!

Sair do branco convencional é sempre uma boa ideia. E a Doka Bath Works, faz um lindo trabalho de customização. Quero deixar claro que isso não é um post patrocinado (infelizmente, rs). Apenas estou divulgando pois acho o trabalho dessa empresa de muito bom gosto! ;)

 

Veja alguns modelos customizados e inspire-se:

imagem_release_319028 Picture 403 Picture 236 Picture 559 imagem_release_319026 wexs  vitorianas

Quais os cuidados necessários na hora de alugar um imóvel?

Por Germano Leardi Neto

Famílias, solteiros e estudantes que ainda não possuem recursos suficientes para comprar a casa própria enxergam a locação como uma boa alternativa. Na prática, esse modelo de negociação envolve uma série de direitos e deveres, tanto de locatário quanto de locadores, a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91). É preciso estar muito bem informado para que nenhuma parte saia prejudicada com a locação.

Conhecer a Lei 8.245/91, encontrar um fiador ou fechar um seguro-fiança, saber como funciona os reajustes do valor do aluguel e de quem é a responsabilidade pelo pagamento do IPTU, por exemplo, são medidas básicas e necessárias na hora de alugar um imóvel.

Abaixo, explico de forma detalhada quais são os cuidados necessários na hora de alugar um imóvel e os deveres e direitos de cada um (locador e inquilino) nessa relação. Confira:

Contrato de locação – O contrato de locação tem, em média, duração de três anos e sempre com possibilidade de renovação. Nele, além de informações do imóvel, devem estar presentes todos os direitos e deveres das duas partes, isto é, locador e inquilino. Vale ressaltar que o custo da elaboração do contrato (taxas e fichas cadastrais) deve ser pago pelo locador.

Valor do aluguel – Em relação ao valor do aluguel, anualmente há um reajuste baseado em um índice mencionado no contrato. O mais comum é o Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M) feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Mesmo depois de assinado, o proprietário do imóvel tem o direito de fazer uma revisão do valor do aluguel após três anos de vigência do contrato. A ideia é encontrar um preço compatível com os imóveis do mesmo padrão.

Garantias pelo locatário – A grande dor de cabeça em locações imobiliárias é o atraso ou o não pagamento dos aluguéis. Em caso de atraso de aluguel, o valor máximo de multa é de 10% nos contratos de locação. Por isso, devem ser apresentadas garantias pelo locatário dentro do contrato. A primeira e mais comum é a figura do fiador. Neste  caso, o inquilino apresenta uma pessoa que responderá judicialmente pelo “calote” do locatário. Para ser fiador é preciso, no mínimo, possuir um imóvel próprio de valor próximo ao que está sendo alugado.

Outra alternativa é o depósito caução. Aqui, uma poupança conjunta entre locador e locatário será aberta e o inquilino deposita quantia de, no máximo, três prestações de aluguel como garantia. Por fim, a última opção é o seguro-fiança. O inquilino contrata uma seguradora que assume as dívidas em caso de inadimplência. Essa é uma opção que pode pesar no bolso do locatário e impactar na negociação, já que pode corresponder ao valor de até três aluguéis por ano.

Despejo – O despejo é a medida extrema usada pelo dono do imóvel a partir do momento em que o locatário já não respeita mais as negociações do atraso do aluguel.

Outro caso que pode resultar em despejo é quando o inquilino subloca o imóvel sem conhecimento prévio do proprietário ou quando ele usa o imóvel para fins comerciais quando este foi alugado para fins residenciais.

Responsabilidades dos locadores – De acordo com a Lei do Inquilinato, pessoa ou a imobiliária responsável pelo aluguel deve entregar o imóvel em boas condições. Caso haja vazamentos ou infiltrações, os reparos são por conta do dono do imóvel. Lembrando que essas reformas ficam sob responsabilidade do locador apenas antes da entrega das chaves. Por isso, vale a pena para o locatário fazer mais de uma visita. Ainda dentro dos deveres dos locadores, estão o pagamento do IPTU, taxas extras de condomínio e prêmio de seguro complementar contra fogo.

Deveres dos locatários – Além do pagamento em dia do aluguel, compete ao locatário pagar as contas de água, gás, luz, telefone e o condomínio. Ao término do contrato, é dever do inquilino entregar o imóvel como ele recebeu, ou seja, em boas condições. Por exemplo, renovar a pintura das paredes e mandar limpar os carpetes são algumas exigências.

E nada de tomar decisões por conta própria durante o contrato. Se o inquilino quiser fazer qualquer tipo de reforma, ele deve solicitar uma autorização por escrito do proprietário. Esses e outros cuidados garantem uma relação tranquila entre os dois lados.

Germano Leardi Neto é diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi.

KIDDE LANÇA EXTINTOR TRIO ABC CONTRA PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS PARA EDIFÍCIOS COMERCIAIS E RESIDENCIAIS

A Kidde – uma das maiores fabricantes de extintores do mundo –  acaba de lançar o extintor TRIO ABC que combate princípio de incêndio das três principais classes de incêndio A, B e C, em um único produto.  Possui design compacto, manuseio fácil e preço competitivo.  Chegou para ganhar espaço, segurança e modernidade.

Um dos objetivos é trazer maior segurança para o usuário,  eliminando o risco de um extintor classe A ser usado acidentalmente para um incêndio classe C, que pode resultar em choque elétrico com sério ferimentos para o usuário. O TRIO ABC reduz o tempo de combate ao princípio de incêndio, porque o operador não necessita escolher o tipo de extintor a ser utilizado. É mais econômico, fácil de operar, pesando apenas 3,2 kg e tem um ano de garantia. Indicado para edifícios comerciais e residenciais.

Atualmente a maioria dos projetos de proteção que envolve extintores de incêndio prevê o emprego de dois extintores: um específico para combater ao incêndio de classe A e outro para classes B e C.  Projetos com estas características, apesar de atenderem as normas, podem deixar dúvida na hora de escolher o extintor a ser utilizado. Além disso, o extintor à base de água tem peso total médio de 14 kg, o que pode dificultar a ação do operador.

extintor

**Consulte a legislação vigente no seu estado para verificar a exigência da capacidade extintora, quantidade ou carga do extintor de incêndio.

O extintor TRIO ABC chegou para inovar o mercado, com capacidade extintora (2-A: 20B:C) equivalente aos projetos convencionais (vide figura abaixo),  cerca de 17kg a menos e ainda com o mesmo nível de custo dos projetos convencionais.

SOBRE INCÊNDIOS NO BRASIL

De acordo com estudo do Ministério da Ciência e Tecnologia, em parceria com Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), apenas 14% dos 5570 municípios do país têm bombeiros. Há em torno de 4,8 mil cidades sem este serviço público. Conforme dados do Governo Federal, em média acontecem 200 mil incêndios por ano no Brasil. São mais de 500 por dia. Este incêndio tem diversas causas, mas independente de qual é a causa, o extintor de incêndio é um dos itens mais importantes no combate do incêndio.

PREVENÇÃO DE INCÊNDIO E USO EXTINTORES

Antes de usar um extintor de incêndio, preste atenção aos seguintes pontos:

  • É muito importante comprar extintores de empresas idôneas. Todo extintor deve ter o selo do INMETRO.
  • Certifique-se que o extintor está dentro da validade e que não foi adulterado
  • Se o extintor estiver amassado, com sinais de ferrugem ou violação, recuse-o. Extintor falsificado ou danificado não fornece segurança.
  • O manômetro indica a pressurização e deve estar no verde.  Não compre extintor se o ponteiro estiver na faixa vermelha.
  • A manutenção e recarga de extintores devem ser realizadas por empresas especializadas e com certificação do Inmetro.  Verifique se após a inspeção a empresa colocou o anel de identificação no gargalo, exigido pelo INMETRO, informando a data da realização do trabalho, além do selo do Inmetro no produto.

 

EVITANDO ACIDENTES EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS E COMERCIAIS

  • Não jogue bitucas de cigarro pela janela.
  • Apague o cigarro antes de jogá-lo fora.
  • Apague sempre os palitos de fósforos antes de jogá-los fora.
  • Nunca apoie velas sobre caixas de fósforos nem sobre materiais  combustíveis.
  • Não fume em locais proibidos.
  • Não utilize a casa de força, casa de máquinas de elevadores e casa de bombas do prédio como depósito de materiais e objetos.
  • Não ligue mais que um aparelho por tomada e nem faça ligações provisórias. Fios descascados quando encostam um no outro, provocam curto-circuito e faíscas.
  • Verifique sempre vazamentos em botijões de gás e se seu estado físico está em boas condições.
  • Ao sentir cheiro de gás, não ligue ou desligue a luz nem aparelhos elétricos e ventile a área.
  • As portas corta-fogo não devem ter trincos ou cadeados. Conheça a rota de fuga de seu edifício, para que possa utilizá-la em caso de emergência.
  • Verifique sempre se o acesso ao extintor e demais equipamentos de proteção contra incêndio estão desobstruídos

 COMO REAGIR EM CASO DE INCÊNDIO

Se um incêndio ocorrer, siga os passos abaixo para segurança

  1. Mantenha calma e ligue para os Bombeiros – 193.
  2. Dirija-se imediatamente para as saídas de emergência.
  3. Nunca suba escadas.
  4. Não utilize o elevador.
  5. Caminhe com o corpo curvado ao chão, abaixo da fumaça.
  6. Não volte para o foco de incêndio para resgatar outra pessoa. Esta ação deve ser realizada por um profissional. Sua volta pode ser fatal.
  7. Não tente combater o incêndio caso tenha tomado proporções que coloquem a vida ou fuga em risco. A evacuação do local deve a primeira prioridade.

 

Lareiras: charme prático e aconchegante que cabe no seu bolso

lareira

Em alguma noite fria de inverno, todo e qualquer mortal já imaginou como seria interessante, confortável e elegante ter uma lareira em casa. Daí, automaticamente, o desejo continua a habitar apenas a imaginação, pois muitas pessoas acreditam que uma lareira não teria espaço em outro ambiente que não fosse a sala de uma mansão luxuosa.  Mas isso é um tremendo engano.

Atualmente, ninguém precisa de uma sala de estar enorme, ser milionário e nem tampouco precisa empilhar lenha no quintal para desfrutar da funcionalidade e do valor estético e aconchegante das lareiras. Tudo isso graças aos modelos modernos de lareiras, que se tornaram equipamentos compactos e que podem ser incorporadas a sua sala como qualquer outro item de decoração.

Existem muitos tipos de lareiras elétricas ou a gás, que funcionam sem fumaça e nem exigem a limpeza das cinzas ou o consumo de madeira para gerar calor. Além de toda essa praticidade para aquecer o ambiente, é possível ainda manter o aspecto visual das lareiras.

Alguns modelos elétricos reproduzem a imagem das chamas com tecnologia 3D ou mesmo kits de lenha de cerâmica para lareiras a gás, que recriam a aparência das chamas originais da maneira mais próxima de uma lareira tradicional.

lareira2

 

Outra vantagem das lareiras modernas é que elas não precisam que se construa um sistema de exaustão de fumaça em sua sala. Aliás, para a maioria dos modelos, basta ter uma tomada para ela funcionar, sem precisar alterar em nada a estrutura do cômodo.

A oferta de modelos de lareiras modernas atende todas as dimensões de ambiente disponíveis e estilos de decoração. É possível encontrar modelos grandes com aparadores clássicos, apenas com acabamento em vidro, e modelos mais retrô, com ares de aquecedores antigos e acabamento que lembra ferro envelhecido.

Se você sempre quis incorporar uma lareira à decoração de sua sala e torná-la o centro das atenções, acredite que esse desejo é palpável: ela vai iluminar e aquecer o seu inverno, bem na sua casa, dentro do orçamento e de seu espaço.

Venda de garagem: faça um bom negócio

Provavelmente, você já observou em filmes e seriados americanos as pessoas vendendo na própria garagem o que não usam mais. Esse costume dos Estados Unidos está se tornando mais comum no Brasil e oferece excelentes oportunidades para quem precisa mobiliar a casa.

Ao contrário das lojas que vendem móveis e objetos novos, as vendas de garagem e bazares disponibilizam itens já usados, mas em bom estado. Em geral, é possível encontrar nesses comércios artigos raros que não são mais vendidos, como uma poltrona da década de 1940 ou uma cômoda que alguém comprou recentemente e não quer mais. Ou seja, a diversidade de épocas, modelos e cores varia nas vendas.

garage_sale

Outra vantagem muito interessante dessas “lojas” é o preço cobrado. Como as vendas são feitas na casa do próprio vendedor, ele não precisa repassar o valor da locação ao consumidor e, por isso, os produtos saem mais em conta.

Então, se você está montando a sua casa ou simplesmente aprecia objetos de decoração, visite as vendas que estão acontecendo na sua cidade e aproveite, pois os preços de venda dos produtos lá encontrados, geralmente, são bem mais baixos se comparados aos de lojas especializadas em decoração. Se você se interessar por algo que não cabe na sua casa agora, deixe em um guarda móveis e garanta a aquisição do produto.

Encontrar o estofado ou o armário dos sonhos por um preço acessível é uma oportunidade praticamente única!

Just keep swimming!

Fazer um jardim com ervas aromáticas e temperos em casa não é apenas moderno e saudável, como também uma ótima maneira de começar a colocar ingredientes frescos em sua dieta! Há várias maneiras de se fazer pequenas hortas em casa, mas nenhuma delas será tão divertida como com a Aqua Farm!

f40a_aquaponics_fish_garden_kitchen

Ele combina dois itens tradicionais em um: um aquário e um mini jardim.

 

f40a_aquaponics_fish_garden f40a_aquaponics_fish_garden_plants

Você pode plantar manjericão, hortelã, salsinha, cebolinha, salvia e outros alimentos em cima aquário.

Funciona assim: os resíduos do seu peixinho se transformam em nutrientes para as plantas e as plantas água potável para o seu peixe, sem precisar de fertilizantes!

O material é de acrílico, tem capacidade para 11 litros e já vem com bomba.

f40a_aquaponics_fish_garden_solo

 

Muito legal!

Você pode comprar aqui.

Eles entregam no Brasil!